Mais Arquivos. maio 2014

Como eu perdi meu segundo vôo na vida

Sou um matemático.

Assim, com base nos números por si – como estou sempre viajando – Estou pouco surpreso: mais cedo ou mais tarde isso tinha de acontecer – perdi um vôo!

Aconteceu apenas uma vez antes – em maio de 2010, no final de um dos meus passeios-volta ao mundo habitualmente longos. Eu estava em uma conferência em Chipre, confundi 20:00 com 02:00 – ou algo parecido – e…Vôo perdido. Isso foi em Limassol, indo para Tóquio. No final, fui no dia seguinte.
Leia em:Como eu perdi meu segundo vôo na vida

Uma capital que só melhorou

Quanto mais volto para Londres, mais gosto…

Vim para cá pela primeira vez em 1992, mas naquela época e nos seguintes anos nunca fiquei muito impressionado com a cidade, nunca me sentindo muito à vontade aqui. Arquitetura imperial grave e imponente, o tráfego interminavelmente horrível, pessoas demais nas calçadas, o (rio) Tâmisa sujo… ugh.
Leia em:Uma capital que só melhorou

Photostream do Flickr

Instagram