Arquivos de tag para “Industrial”

Uma mudança de paradigma para a segurança industrial: imunização de fábricas.

Dez anos é muito tempo em segurança cibernética. Se pudéssemos ver uma década no futuro em 2011, o quão longe as tecnologias de segurança cibernética avançaram até 2022 – tenho certeza de que ninguém teria acreditado. Incluindo eu! Paradigmas, teorias, práticas, produtos (antivírus – o que é isso? 🙂 – tudo foi transformado e progrediu além do que se imaginava.

Ao mesmo tempo, não importa o quão longe tenhamos progredido – e apesar das promessas vazias de inteligência artificial, milagres e diversos outros exageros de quase-cibersegurança – hoje ainda enfrentamos os mesmos problemas clássicos que tínhamos há 10 anos no setor de cibersegurança industrial:

Como proteger os dados de olhos não amigáveis e de alterações não sancionadas feitas neles, ao mesmo tempo preservando a continuidade dos processos de negócios?

É bem verdade que proteger a confidencialidade, integridade e acessibilidade ainda constituem o trabalho diário de quase todos os profissionais de segurança cibernética.

Não importa para onde vá, o “digital” sempre traz consigo os mesmos poucos problemas fundamentais. E tornar-se digital será contínuo – sempre – porque as vantagens da digitalização são tão óbvias. Mesmo campos aparentemente conservadores, como construção de máquinas industriais, refino de petróleo, transporte ou energia, já foram fortemente digitalizados há anos. Tudo bem, mas está tudo seguro?

Com o digital, a eficácia dos negócios cresce aos trancos e barrancos. Por outro lado, tudo o que é digital pode ser – e é – hackeado, e há muitos exemplos disso no campo industrial. Há uma grande tentação de abraçar totalmente todas as coisas digitais – para colher todos os seus benefícios; no entanto, isso precisa ser feito de uma forma que não seja dolorosamente perigosa (leia-se – com os processos de negócios sendo interrompidos). E é aqui que nosso novo (ou semi novo) analgésico especial pode ajudar – nosso KISG 100 (Kaspersky IoT Secure Gateway).

Esta pequena caixa (RRP – um pouco mais de € 1000) é instalada entre o equipamento industrial (mais adiante – ‘maquinário’) e o servidor que recebe vários sinais deste equipamento. Os dados nesses sinais variam – em produtividade, falhas de sistema, uso de recursos, níveis de vibração, medições de emissões de CO2 / NOx e uma carga inteira de outros – e é tudo necessário para obter uma visão geral do processo de produção e ser capaz de tomar decisões de negócios bem informadas e fundamentadas.

Como você pode ver, a caixa é pequena, mas com certeza também é poderosa. Uma funcionalidade crucial é que ela autoriza apenas a transferência de dados “permitidos”. Também permite a transmissão de dados estritamente em apenas uma direção. Assim, o KISG 100 pode interceptar toda uma miscelânea de ataques: man-in-the-middleman-in-the-cloud, ataques DDoS e muitas outras ameaças da Internet que continuam chegando até nós em esses tempos digitais ‘estrondosos’.

Leia em:Uma mudança de paradigma para a segurança industrial: imunização de fábricas.

Notícias do lado sombrio: ciber-hipocrisia, Mirai, GCHQ de olho em você, BlueKeep à distância

Olá a todos!

Hoje começamos com uma boa notícia …

Continuamos a solução de segurança “a mais testada, a mais premiada”.

Há pouco, o respeitado laboratório de testes independente AV-Comparatives divulgou os resultados de sua análise anual. No estudo, entrevistaram 3.000 pessoas em todo o mundo nas últimas semanadas de 2018 e, das 19 perguntas respondidas pelos participantes, uma era “Qual solução principal de segurança antimalware para computador que você usa?”. Adivinha qual marca está em primeiro lugar na Europa, Ásia e América Central e do Sul? Bem, sim: K! Na América do Norte, somos os segundos (e tenho certeza de que é temporário). Além disso, na Europa, fomos escolhidos como a solução de segurança mais usada em smartphones. Também estamos entre as empresas que recebem mais solicitações de testes de produtos de usuários, tanto na versão doméstica quanto em produtos destinados a empresas. Ótimo! Nós gostamos dos testes e acho que você pode imaginar nossos motivos! . A propósito, aqui você vai encontrar mais informações sobre avaliações independentes e testes que nossos produtos são submetidos

“Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão.”, Mateus 7: 5.

Em maio, outra backdoor foi descoberta com funcionalidades muito úteis para a espionagem. E onde esta porta dos fundos foi encontrada? Na Rússia? Na China? Bem, foi na Cisco (sim, novamente)! Houve uma agitação nas redes? Manchetes e discussões sobre ameaças à segurança nacional? Houve conversas sobre a proibição de produtos da Cisco fora dos Estados Unidos? Espere, você também não viu? Mas, ao mesmo tempo, a Huawei está no auge de um linchamento internacional, embora não exista backdoors ou evidências convincentes dos fatos.

fonte

Leia em:Notícias do lado sombrio: ciber-hipocrisia, Mirai, GCHQ de olho em você, BlueKeep à distância

Flickr photostream

  • Beijing
  • Beijing
  • Beijing
  • Beijing

Instagram Photostream

Rock Steel ‘n’ Roll

Ok, você já viu como o aço é transformado a partir de barras vermelhas quentes em lâminas finas na Usina de Aço Novolipetsk. Próximo passo: a oficina de laminação a frio e revestimento de polímeros …

Os rolos da oficina quente são trazidos e desenrolados em correias transportadoras, depois são embaralhados aqui e submetidos a vários processos tecnológicos para aumentar a qualidade do aço, entre outras coisas.

 

Leia em:Rock Steel ‘n’ Roll

O lago dos cisnes

Apesar das condições totalmente não-estéreis dentro da fábrica de aço Novolipetsk, pelo lado de fora, não dá para mensurar o tamanho do complexo industrial nas proximidades. Para a empresa, ter responsabilidade pelo meio ambiente ao redor é uma premissa básica e levada muito a sério.

O cartaz acima diz: “Mais de US $ 1,1 bilhões investidos em ecologia em 15 anos. Lipetsk – a cidade produtora de metal mais limpa na Federação Russa”. E você provavelmente pode adivinhar o que as figuras nas nuvens significam: o nível de poluição do ar, Lipetsk com o nível mais baixo de 3.4.

Na verdade, alguns anos atrás, eles decidiram levar a poluição do ar sério por aqui e realmente cortar drasticamente as emissões – e parece que fizeram um bom trabalho. Por toda a área do complexo (dentro) as árvores têm aparência saudável e parecem em crescimento. Devido a aparência saudável da vegetação, um visitante da delegação estrangeira perguntou sobre os cedros: “Qual a frequência de substituição?! “Eles nunca foram substituídos ou plantados, eles cresceram por vontade própria.

Leia em:O lago dos cisnes

Muito mais aço

Olá pessoal!

falei para vocês que a fábrica de aço de Novolipetsk é colossal, não é? Então, faz sentido que as fotos da minha visita não caibam em um post. Portanto, isso mesmo, aqui vai a parte dois!…

Muito bem. 15 milhões de toneladas de aço – isso dá quanto mesmo? Quero dizer, de uma forma que possamos compreender? Ok, lá vai minha tentativa de quantificação esclarecedora para as massas…

Sabe o bloco laranja brilhante na foto a seguir? Chama-se, veja só, uma placa, e pesa entre 25 e 35 toneladas. Dessa forma 15 milhões seriam…

slab-lipetsk-heavy-metal-1

…Aproximadamente 500.000 dessas placas. Meio milhão. Ainda não consegue imaginar? Tentarei de outra forma:

Um cubo de metal pesa por volta de 7,87 toneladas (o de aço pesa por volta de 7,85; que dá mais ou menos no mesmo. Para o propósito em questão a diferença é desprezível). Então, 15 milhões de toneladas serão por volta de 1,9 milhões de metros cúbicos, 100 metros de profundidade, e 200 metros de altura. Isso seria algo como um arranha-céu de 50 andares feito de aço sólido. Ou um cubo de 125x125x125. Começando a conseguir imaginar a dimensão?

Leia em:Muito mais aço

Quanto aço?

Meninos e meninas, quantos de vocês já estiveram em uma fábrica de aço? Levantem as mãos…

Bem, eu não tinha estado em uma dessas ainda e sempre foi um sonho. Queria ver o processo inteiro, mesmo que a distância. Para ver como o minério é carregado e colocado na fornalha, ouvi-lo chiando ao derreter para virar metal líquido a milhares de graus celsius. Eu já conhecia um pouco do processo e da terminologia, mas nunca tinha visto na prática.

Como se vocês não tivessem percebido: finalmente tive a chance. Nosso cliente corporativo Novolipetsk Steel nos concedeu uma visita em Lipetsk.

Leia em:Quanto aço?