Arquivos de tag para “starmus”

Dias 3 a 5: Estrelas e Músicas na Starmus

A viagem da nave Starmus continua sua jornada – por mais três dias. Sim, cinco dias, uma única conferência, estando eu presente em (quase) todas as palestras (dos primeiros três dias) um fato inédito para mim.

Agrupei os últimos três dias da conferência em um único post porque cinco sobre uma única conferência seria um pouco demais, de qualquer forma os últimos três dias foram menos impressionantes que os outros. Ainda impressionantes, verdadeiras estrelas da Starmus mostraram seu brilho, como o seguinte:

Stephen Hawking

Esse cara dificilmente precisa ser apresentado. Ele nos impressionou com uma rápida história sobre sua vida. Claro, você pode ler tudo do Wikipédia, mas é melhor quando contado por ele. Bem, não é exatamente por ele, mas do software que analisa seu olhar e seleciona as letras desejadas para formar uma frase. As palavras sintetizadas emitidas pelo sistema de som realmente causaram um grande efeito! Que cara incrível! Um personagem fantástico. Todo o meu respeito.

Starmus_1

Leia em:Dias 3 a 5: Estrelas e Músicas na Starmus

Starmus – Dia 2: os anéis de saturno e as memórias de ratos. Ambos inesquecíveis.

A Starmus é uma conferência quanticamente estelar! Não acredito que já tenha ido a uma conferência na qual compareci a cada uma das apresentações, do começo ao fim, mas foi o que ocorreu aqui (bem, quase). Interessante, vívida, estimulante. Em resumo: de outro mundo.

Vamos ao meu resumo das apresentações do segundo dia:

Brian Schmidt.

Astrofísico Américo-australiano. Vencedor do Prêmio Nobel de Física de 2011. Apresentação estimulante sobre matéria escura, da qual grande parte do universo é feito, mas que não pode ser vista de qualquer maneira. Também ouvimos a respeito da energia escura, que também é completamente desconhecida, mas hipoteticamente permeia todo o universo.

Galáxias rotacionam, o universo se expande: é como se houvesse matéria escura (desconhecida) e energia em ação. Mesmo que não possamos vê-la, é estimado que compõem 95% do universo. Em outras palavras, o que podemos ver são os outros 5%.

Leia em:Starmus – Dia 2: os anéis de saturno e as memórias de ratos. Ambos inesquecíveis.

Photostream do Flickr

Instagram

Starmus – Dia 1: Um Big Bang para o cérebro

Olá, pessoal!

Ainda em Tenerife – hoje para o Festival Starmus. O Starmus combina astrofísica, física fundamental e música. Nunca ouviu falar? Bem, nem eu até este ano.

DSC08725

De modo resumido, essa é uma conferência na qual os cientistas mais legais e reconhecidos do mundo dão palestras formais e conversam de maneira bem informal nos bastidores, falam sobre estrelas, o cosmos e microcosmos, ou seja, lá ao que suas vidas tenham sido devotadas.

Vamos aos grandes nomes: Stephen Hawking, provavelmente a super estrela da ciência, físico e cosmologista que possui teorias com seu nome. Brian May, o guitarrista do Queen, também astrofísico; Brian Eno, pioneiro da música ambiente, membro da Roxy Music, também produtor do U2; o astronauta Alexey leonov, herói da União Soviética e o primeiro homem a andar no espaço, e muitos outros!

Leia em:Starmus – Dia 1: Um Big Bang para o cérebro

Insira seu endereço de e-mail para se inscrever no blog