Arquivos de tag para “ferrari”

Fórmula Óbvia. Monza 2016.

E agora, meninos e meninas, o prato principal – um prato quente!

Corrida de Fórmula 1 em Monza. Um clássico para entusiastas de esportes motorizados, próximo à Milão. Tudo se resume aos carros, motos, corridas barulhos diversos e a reunião generalizada e muito mais! Por isso estou aqui.

O local gira em torno do automotivo até os “carabinieri” possuem sua Lótus na frente de uma das entradas (talvez deixei de notar outros).

DSC02417

Antes da corrida, contudo, tive a sensação de que algo não estava certo.

Leia em:Fórmula Óbvia. Monza 2016.

Kaspersky a toda velocidade em Milão.

Olá pessoal de Milão, estou debaixo de um sol de 28 graus centigrados!

28º? E daí? É verão! Sim e as temperaturas em Moscou há duas semanas não estavam longe disso. Mas agora, já há alguns dias a capital russa tem passado por seus 7º, sem mencionar a chuva (ouvi falar que chegou a gear em São Petersburgo!) O que está acontecendo? Moscou não é a Groenlândia. Nem Kamchatka (onde neve em junho não surpreende ninguém): Moscou fica na Rússia Central onde a temperatura devia ser mais amena! Bem, ainda assim fico feliz que não está como em Paris…

Da janela do meu hotel dá para ver a grandiosidade arquitetônica que é a Estação Central de Milão.

Apesar de ter visto o interior algumas vezes sempre me impressiono, decidi olhar mais uma vez.

Leia em:Kaspersky a toda velocidade em Milão.

Batendo na porta do espaço.

A ideia de viajar para o espaço está na minha mente há anos, na Verdade desde quando Richard Branson patrocinava o time de Fórmula 1 da Brawn GP. Nesse tempo, nós da KL tentávamos patrocinar a F1 também (acabamos patrocinando a Ferrari)  e conheci RB em una corrida.

541546_10150704994898750_1697892943_n

Desde então,  tive a chance de ter algumas experiências em situações relacionadas a viagem espacial como ausência de peso (em um IL-76), assistir o lançamento de um Soyuz de Baikonur,  e visitar o Centro de Treinamento Cosmonauta Yuri Gargain em Star City.

Ausência de peso é simplesmente incrível,  e não tive problema nenhum em pegar o jeito da coisa. Mas estacionar um Soyuz de treinamento em uma Estação Espacial Internacional – aí não teve jeito.  Não consegui entender como gerenciar o console. Acho que engenheiros espaciais não conhecem experiência com usuário e testes A/B.

Nesse meio tempo, um cosmodromo foi construído para a Virgin Galactic.  A instalação não é muito grande já que o plano é lançar apenas para planos sub-orbitais. Alguns voos teste já ocorreram, acompanhados de apresentações glamurosas, bem como algumas notícias bem ruins, então veio um silêncio de 18 meses.

Foi aí que recebi do nada um comunicado de importância cósmica!  (Não esquecem dos clientes – já é um bom sinal. E ainda melhora…)

 

Leia em:Batendo na porta do espaço.

DE CARRO PELOS ALPES

Seria um desperdício vir aos Alpes, lar do esqui na Itália, não calçar um par de esquis e tentar a sorte nas rampas em volta do vale. Sem falar que a última vez que esquiei em uma montanha foi em 2012! Costumava passar uma semana ou duas nos Alpes a cada inverno. Hoje em dia, com todos os compromissos de negócios, não tenho mais a chance de subir em um esqui e me aventurar até que meu coração esteja prestes a sair pela boca. Tive sorte dessa vez: três dias e meio de rampas e as paisagens geladas! Os Alpes são fabulosos no inverno! É provável que eles continuem incríveis no verão, mas eu nunca vi por mim mesmo.

livigno-italy-ski-1

A rare ski experience out of the business hours // Немного укатайки между делами

A photo posted by Eugene Kaspersky (@e_kaspersky) on


Leia em:DE CARRO PELOS ALPES

Fórmula 1 no gelo

Não tenho certeza de quem foi a ideia, mas faz aproximadamente seis meses que ouvi falar sobre colocarem um carro de Fórmula 1 da Ferrari em uma rampa de esqui. A ideia de dirigir um carro de corrida na neve é tão ridícula que nós e a Ferrari simplesmente tivemos que fazê-la acontecer.

Realizamos o evento no resort de esqui Livigno, em uma altitude de 1800 metros, observados por uma multidão de esquiadores, moradores, turistas e fãs de corrida.

ferrari-f1-2016-livigno-italy-1

#Ferrari #F1 car is now ready for the victory. I'm ready. Are you? #forzaferrari

A photo posted by Eugene Kaspersky (@e_kaspersky) on


Leia em:Fórmula 1 no gelo

Cenas de Natal e a despedida de Massa

Ciao a tutti !

Aqui estamos nós, com dois novos capítulos em nosso Tour 2013- European Express. Onde estamos agora? Na Itália.

Capítulo 1: Onde? Onde? Onde?

Pousamos em Roma, na sede de um dos nossos parceiros, cuja sede está localizada bem no centro da cidade. Como você pode imaginar, as vistas são incríveis. Eu não sei como as pessoas podem trabalhar com um panorama tão incrível. Acho que vou me acostumar depois de alguns dias, mas eu poderia ficar absorvido por horas com esta paisagem. Conclusão: se o telhado não fosse infectado por pombos, daria 10 a este lugar.
Leia em:Cenas de Natal e a despedida de Massa

Super Fly Finale

Ufa. Uma viagem de três semanas pelos EUA. Tem sido puxado. Tem havido muita perseverança. Mas tem sido divertido. Na verdade, uma pena ter que ir, mas o dever nos chama. Saímos com uma tonelada de fortes impressões, boas memórias e milhares de fotos. Em suma, fizemos o máximo possível dentro do tempo disponível, mas também fizemos questão de nós mesmos aproveitarmos as coisas, parando para sentir o cheiro das rosas e apreciar as paisagens. Agora, de volta ao de sempre: “fazer as malas – táxi – aeroporto…”. E lá vamos nós para a próxima, conto para vocês depois. Parece que vamos ter uma mudança total de paisagem.

O nosso último dia em Nova York foi bastante supremo, vivo: uma coletiva de imprensa formidável, da qual participaram pessoas de todo o mundo – incluindo a estrela Fernando Alonso! Ele está atuando no papel principal no novo clipe de nossa campanha Safeguarding Me (se você soubesse como nós tivemos que proteger sua “tomita” especial – o pequeno amuleto japonês no vídeo – durante as filmagens!). Veja você mesmo:

Leia em:Super Fly Finale

Fórmula EUA

Olá!

Ainda nas estradas da América… com um episódio ainda mais divertido. Dessa vez, voaremos de Nova York e seguiremos para a capital do Texas. Houston? Não. Dallas? Não. Austin? Sim! Por quê? Para ver a Fórmula 1 conquistar a América, é claro!

Até agora, nosso tour pelos EUA passou por lugares como: LA – ArizonaChicago – Louisville – Miami – Boston – Nova York. E agora estamos de volta ao ensolarado sul, dando uma olhada na F1. A competição fez tentativas repetidas no passado de funcionar nos EUA, assim como faz em grande parte dos outros países do mundo, mas nunca com êxito – assim como o futebol também nunca decolou completamente aqui. Porém, a F1 realmente deseja conquistar a Terra Incógnita – de modo tão bem-sucedido quanto, vejamos, o uísque escocês, o vinho francês e a vodca Stolitchnaia! Acho que escolhi o Texas por ser um local ambicioso – desde, claro, que você “não mexa com o Texas” – mas, se eles se derem bem aqui, a América será conquistada!

Leia em:Fórmula EUA