Arquivos de tag para “aeroporto”

Internet na China. Ou a falta dela.

Prontos? Preparem-se para o discurso – AGORA!…

Depois de pegar um trem na China, não consegui acreditar no contraste representado por um aeroporto chinês no dia seguinte. E olha que não estou falando de qualquer aeroporto, mas o principal aeroporto internacional da capital da China! O problema foi a Internet. Não seria exagero categorizar o problema como catastrófico.

O aeroporto é imenso, lindo e gigantesco em todos os sentidos (mesmo com os diversos problemas pontuais), com todas as lojas, escadas rolantes, fontes, esculturas… tudo muito contemporâneo, de bom gosto e caro. Tudo ótimo exceto uma coisa: a internet. Mesmo a internet do celular não funciona, mesmo com um SIM estrangeiro, com um número estrangeiro (não chinês), que não esteja a mercê do Grande Firewall da China. Existe um pouco de sinal, mas é tão fraco que nem vale o esforço.

A minha ideia era ficar conectado para escrever algumas observações a respeito das minhas viagens aqui no blog, ou pensamentos sobre assuntos importantes, além de enviar fotos como sempre. Como dizer “Onde está a porcaria da internet?” em chinês. Mandarei fazer uma camisa que vestirei na próxima vez que visitar o país.

Os pensamentos sobre assuntos de grande relevância da semana foram os seguintes:

Vamos falar sobre algo tão essencial para tudo que muita coisa não existiria sem isso. Algo tão vital que sem sua existência a vida perderia muito de seu significado e se tornaria chata e sem graça.

Algo que compõe os alicerces de quase todas as atividades contemporâneas, sem a qual toda e qualquer intenção nobre, a conquista de objetivos valorosos, e a garantia de  um nível razoável de felicidade, tudo, não seria possível.

Já adivinhou sobre o que estou falando?

Ponto para quem disse eletricidade! No que você pensou? (Respostas nos comentários!)

Imagine por um instante o que aconteceria se do nada todas as correntes elétricas parassem de fluir, não estando mais disponíveis nas tomadas – para sempre. Mas para sempre mesmo.

Seria ruim claro. Muito ruim. Mas não seria completamente apocalíptico. A vida continuaria a luz de velas, cavalos e mais velas.

ATENÇÃO – PERGUNTAS DE TESTE! PRÊMIO GARANTIDO PARA A PRIMEIRA RESPOSTA CERTA!

Qual o filme de ficção científica em que aliens hostis e invisíveis que habitam a eletricidade pousam na Terra? E que aí consomem todos os elétrons na rede e até em recursos naturais como trovoadas? Em que no fim o protagonista lamenta que mesmo com o soar dos trovões e a chuva, a terra não terá relâmpago para todo sempre?

PS: algumas fotos do aeroporto de Pequim (consegui chegar em um país com internet).

Essa é uma foto tirada do avião: manhã calma, e uma coluna de fumaça (ou vapor) se elevando no meio de uma nuvem.

Isso é tudo por hoje, pessoal. Voltamos amanhã…

Rotas aéreas da América do Sul ao Sudeste Asiático

Ir de Cancun no México para Sanya na China nunca será fácil mesmo com as melhores condições climáticas. Mas não é tão difícil assim. De qualquer forma, essa rota se enquadra na categoria das mais complexas. Juntamente com ela, encontramos as rotas que ligam a América do Sul ao Sudeste Asiático: as rotas dificilmente são diretas e a distância é invariavelmente gigantesca.

Por exemplo, voar de Hong Kong, Bangkok ou Kuala Lumpur para Santiago ou Buenos Aires sempre será um teste de paciência no que diz respeito a horas de voo e número de conexões. Enfatizo o sempre porque todas as rotas disponíveis – quatro – levam aproximadamente o mesmo número de horas para serem completadas.

Pergunto:

Quais são essas quatro rotas comerciais bem distintas que ligam o Sudeste Asiático e a América do Sul? (uma delas não voei ainda). Vamos de Hong Kong para Buenos Aires?

World Map

Leia em:Rotas aéreas da América do Sul ao Sudeste Asiático

Photostream do Flickr

Instagram