Não alimentem os trolls!

Senhoras e senhores, sua atenção, por favor!

Boas notícias! Após três anos e meio de batalhas legais contra os chamados trolls das patentes, finalmente, ganhamos de forma esmagadora! Esta foi a nossa primeira batalha litigiosa por patentes nos EUA e ganhamos! // Bem, tínhamos que compensar a má atuação da Rússia na Eurocopa 2012 de alguma forma.

Relembrando os fatos.

Há quatro anos, de uma hora para outra, os trolls entraram com um processo contra nossa empresa tentando provar que estávamos usando tecnologia que já tinha sido patenteada por outros.

Como já estávamos à espera de que esse tipo de coisa acontecesse (até porque conhecemos bem estes patent trolls – pelo menos, em teoria), há anos o nosso departamento de patentes já estava trabalhando discretamente na preparação de um possível confronto com todo tipo de trolls de patentes e black hats.

E assim começa a história, no Tribunal Distrital do Texas, nos EUA. Pelo andar da carruagem, a situação só iria piorar para o nosso lado, mas não tínhamos absolutamente nenhuma intenção de desistir. Mesmo que perdêssemos, iríamos lutar até o fim e fazê-los sofrer.

Finalmente, há poucos dias, chegou a decisão final:

o Tribunal Distrital do Texas anunciou o seu veredito sobre o caso apresentado pela IPAT, nos livrando completamente de qualquer acusação. E mais: a IPAT não vai poder apresentar mais queixas relativas a essas patentes!

Mas isto não é só mais uma vitória legal…

Flickr photostream

  • Sochi / Sep 2020
  • Sochi / Sep 2020
  • Sochi / Sep 2020
  • Sochi / Sep 2020

Instagram

Não à SOPA

– ou: porque é que decidi me afastar da Business Software Alliance (BSA).

Olá a todos!

Nos últimos tempos, a blog-sfera norte-americana começou a ficar cada vais mais preocupada com a nova lei antipirataria –“Stop Online Piracy Act” ou SOPA. As discussões sobre o tema são, falando de maneira delicada, bastante abertas, e incluem comentários do tipo: “Estes imbecis vêm atrás da nossa Internet” (leia aqui).

Mas o que é a SOPA?

É uma forma de apoio e de desenvolvimento de algo que, hoje em dia, é muito relevante: a proteção da propriedade intelectual. Senhoras e senhores, isto é muito importante! “Não roubarás,” diz a Bíblia! Um autor – ou uma equipe – passa noites em branco escrevendo um livro, compondo uma música, rodando um filme, criando um software ou testando as embalagens de um software. Isto não merece uma recompensa financeira? Sim ou não? Pensem bem antes de responder – alguém pode fazer a mesma pergunta sobre a sua profissão… Então?

Os autores e as equipes de criadores devem ser mimados…